Notícias e Informativos

Mais de 1000 pessoas compareceram às unidades de saúde em Cantagalo no DIA D contra o Sarampo

  • Fonte: Assessoria de Comunicação - Escrito por: Bruno Palma
  • Publicado em: 03/02/2020
  • Assunto: Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Cantagalo promoveu, no último sábado (01/02), o Dia D contra o Sarampo. A iniciativa faz parte da Campanha do Estado Rio Contra o Sarampo e aconteceu em todas as unidades básicas de saúde do município. A meta do governo estadual é imunizar 3 milhões de pessoas, entre seis meses e 59 anos, nos próximos meses. Segundo a Secretaria de Saúde, 1059 pessoas participaram das ações no DIA D contabilizando as oito unidades de saúde do município.

A faixa etária de 30 a 59 anos de idade, foi a que obteve maior procura neste DIA D com 568 pessoas, lembrando que é realizada uma pesquisa pela equipe da unidade para saber se é necessário que a pessoa tome a vacina ou não. Desta forma das 1059 pessoas que compareceram, 637 receberam a sua dose de vacina. A equipe lembra que o cidadão deve levar o cartão de vacinas e o cartão SUS para auxiliar neste processo. A recomendação é que gestantes e imunodeprimidos (pessoas cujo sistema 

A Campanha segue em todas as unidades de saúde até o dia 07 de março, e esta mobilização contra o sarampo se justifica, tendo em vista os cerca de 15 mil casos da doença ocorridos em São Paulo, estado vizinho ao Rio e que contabilizou 14 mortes no ano passado. Existe a expectativa de o estado do Rio de Janeiro registrar mais de 10 mil casos este ano. O sarampo é altamente contagioso e pode levar à morte.

Sobre a doença

O sarampo é transmitido por meio da fala, da tosse e do espirro. Os principais sintomas são mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite. A vacina é fornecida pelo Ministério da Saúde e estará disponível gratuitamente nos postos de saúde municipais.

Em 2020, de acordo com a Subsecretaria de Vigilância em Saúde da SES, foram notificados 89 casos de sarampo no Estado do Rio de Janeiro, distribuídos por Belford Roxo (6), Duque de Caxias (31), Magé (3), Nilópolis (1), Niterói (5), Nova Friburgo (2), Nova Iguaçu (8), Rio de Janeiro (22) e São João de Meriti (11). Em 2019, a SES registrou 333 casos da doença.