Notícias e Informativos

Festival de Poesia Falada em Homenagem ao Escritor Euclides da Cunha Premia Vencedores

  • Fonte: Assessoria de Comunicação - Escrito por: Bruno Palma
  • Publicado em: 06/12/2018
  • Assunto: Cultura

FESTIVAL DE POESIA FALADA EM HOMENAGEM AO ESCRITOR EUCLIDES DA CUNHA PREMIA VENCEDORES

 

A Prefeitura Municipal de Cantagalo, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo realizou no último sábado (24), a premiação do festival de Poesia Falada do Município de Cantagalo. Neste ano de 2018, o homenageado foi o escritor Euclides Rodrigues da Cunha. Puderam participar do concurso poetas de todo o país com até 02 (duas) obras inéditas em no máximo 02 (duas) laudas nas categorias tema livre e Os Sertões.

A premiação foi realizada na Praça João XXIII durante a realização da Roda de Leitura organizada pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Votorantim. Foram classificadas as 10 melhores poesias, das quais as três primeiras receberam troféus e as demais medalhas do 4º ao 10º lugar. Durante a cerimônia, também foi escolhido o melhor intérprete, Jomar Coimbra Cardoso (Cabo Frio/RJ) com a poesia “Tempos Difíceis”, premiado com troféu. Os poetas que não estiveram presentes no evento poderão solicitar o seu prêmio por meio do e-mail festivaldepoesia.cantagalo@gmail.com

“O Festival de Poesia é sempre uma oportunidade de dar voz a novos poetas. Desde o ano passado recebemos inscrições de todos os cantos do país e é sempre bom receber essas pessoas que, muitas vezes, conhecem o Município pela primeira vez. Este ano escolhemos Euclides da Cunha para ser homenageado e por coincidência a FLIP, maior feira literária do país o escolheu também, o que nos deu a certeza que estamos no caminho certo”, declarou o assessor de Cultura, Matheus Lucas.

 

Confira abaixo a lista dos vencedores:

 

MELHOR INTÉRPRETE

JOMAR COIMBRA CARDOSO – TEMPOS DIFÍCEIS

 

CATEGORIA LIVRE
POETA/POESIA

 

1º LUGAR – O NOCRÓLOGO DO AMOR – VINICIUS DE ARAÚJO SILVA

2º LUGAR – UM AÇUDE VAZIO – IGOR FERREIRA DOS SANTOS

3º LUGAR – MINHA FÉ, MINHA ESPERANÇA – DYRCE PINTO MACHADO.

4º LUGAR – A INTERROGAÇÃO DA VIDA – EDILEUZA BEZERRA LIMA LONGO

5º LUGAR – RETIRADA – ADALTO MACHADO MARQUES

6º LUGAR – SE FOSSE EU – FELICIANE LOPES DA SILVA

7º LUGAR – CARTA ABERTA, JAMAIS ENVIADA – ALEX JOSÉ SIMIEMA FILHO.

8º LUGAR – TEMPOS DIFICEÍS – JOMAR COIMBRA CARDOSO

9º LUGAR – TROPICAOS – UBIRATAN MORENO SOARES

10º LUGAR – ALFABETO NA POLÍTICA – ALBERTO JOSÉ ARAÚJO

 

 

CATEGORIA “OS SERTÕES”
POETA/POESIA

 

1° LUGAR – RETALHO DE “OS SERTÕES” – DYRCE PINTO MACHADO

2º LUGAR – O SERTÃO E O MAR – JOSÉ AUGUSTO OLIVEIRA HUGUENIN

3º LUGAR – LUTO POR CANUDOS – JOMAR COIMBRA CARDOSO

4º LUGAR – O SERTANEJO É, ANTES DE TUDO, UM FORTE – FLÁVIO RUBENS MACHADO DE QUEIROZ

5° LUGAR – OS SERTÕES EM VERSOS SOLTOS – TIAGO RAFAEL DOS SANTOS ALVES

6º LUGAR – CANUDOS NÃO SE RENDEU – FELICIANE LOPES DA SILVA

7º LUGAR – CINCO DE OUTUBRO DE 1897 – MAURÍCIO MATOS CUNHA

8º LUGAR – MANIFESTO – ANA CRISTINA MENDES GOMES

9º LUGAR – DECASSÍLABO DE CRIME IMPOSSÍVEL A EUCLIDES DA CUNHA

10º LUGAR – AH, SE EUCLIDES, SOUBESSE... – SÍLVIA REGINA MADI PINHEIRO ALVES