Início Prefeitura Municipal Edital do concurso de Cantagalo sofre retificações

Edital do concurso de Cantagalo sofre retificações Imprimir E-mail
Notícias - Cantagalo
Escrito por Gilmar Marques   
Sex, 25 de Outubro de 2013 18:03

Inscrições estão abertas até 17 de novembro. Salários variam de R$ 678 a R$ 9,6 mil, dependendo do cargo. Prova objetiva será em 8 de dezembro

Cantagalo – A Prefeitura de Cantagalo e a Consulplan, organizadora do V Concurso Público da Prefeitura, que está com inscrições abertas até o dia 17 de novembro, divulgaram, na última quinta-feira, 24 de outubro, algumas retificações ao edital que abriu o processo seletivo.

De acordo com o documento, já disponível no site da organizadora – www.consulplan.net/concursos – e no endereço eletrônico da Prefeitura (www.cantagalo.rj.gov.br), os cargos de orientador educacional, orientador pedagógico e supervisor escolar tiveram a jornada de trabalho alterada para 20 horas semanais.

Outra alteração foi feita no item que se refere ao cargo de auxiliar de creche, que, passou a exigir apenas formação em nível médio e a jornada de trabalho foi alterada para 30 horas semanais.

No cargo de professor de educação infantil (creche e pré-escola), os requisitos específicos também foram alterados, passando a ensino médio com formação específica na modalidade Normal e/ou Formação de Professor (FP).

O cargo de biólogo passou a fazer parte do item ‘Nível Superior nas Demais Áreas’. Por último, o subitem ‘5.2.13’ passou a vigorar com nova redação: “... somente serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados na prova escrita objetiva de múltipla escolha, classificados até o número dez na ordem de classificação definitiva, seguindo, claro, a ordem de classificação constante em edital.”

O concurso da Prefeitura de Cantagalo está oferecendo 57 vagas, das quais 54 de ampla concorrência e três para portadores de necessidades especiais. Os salários iniciais básicos variam de R$ 678 a R$ 9.649,80, conforme o cargo a ser disputado e a formação do candidato.

Além do site da organizadora, também estão sendo aceitas inscrições presenciais no Telecentro Comunitário (Praça Miguel de Carvalho, 56, em frente ao prédio da Prefeitura). O atendimento está sendo feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30min. e das 13h às 16h. As taxas são de R$ 63 (nível superior), R$ 45 (níveis médio e médio/técnico) e de R$ 31 (níveis fundamental e fundamental incompleto).

Além das vagas previstas no edital, a maioria para preenchimento de oportunidades surgidas com o fim dos contratos temporários, também haverá cadastro de reserva em todas as áreas, para convocações dentro da validade do concurso, que é de dois anos prorrogáveis. As provas objetivas serão aplicadas na data provável de 8 de dezembro em dois turnos: manhã (superior) e tarde (demais).

Os aprovados e classificados serão contratados pelo regime estatutário, que garante estabilidade funcional após o cumprimento do estágio probatório, que é de dois anos, mais um ano de efetivo exercício, totalizando três anos para a aquisição da estabilidade.

Com caráter eliminatório e classificatório, as provas objetivas, com questões de múltipla escolha, serão aplicadas para os candidatos de todos os cargos. Será aplicada prova escrita discursiva para o cargo de procurador, também com caráter eliminatório e classificatório. Haverá, ainda, provas práticas para os cargos de borracheiro, carpinteiro, coveiro, eletricista, gari, mecânico, merendeira, motorista, operador de máquinas, pedreiro e trabalhador braçal. Também será realizada prova de títulos para os cargos de professor de nível superior e nível médio com habilitação para modalidade normal, magistério e/ou formação de professor. A apresentação de títulos terá caráter apenas classificatório.

Por último, avaliação de aptidão física, esta somente para os cargos de guarda ambiental e guarda municipal, de caráter apenas eliminatório. Ainda em relação a esses cargos, os aprovados deverão realizar curso de treinamento e instrução, de caráter apenas eliminatório, a ser ministrado pela Prefeitura.

Para acompanhar todo o processo, o prefeito Saulo Gouvea (PT) nomeou uma comissão, formada por servidores da Prefeitura. “Primeiro, vamos convocar aqueles que irão ocupar os cargos que estão vagos devido ao fim dos contratos temporários; depois, conforme as necessidades da Prefeitura, e de acordo com o comportamento da nossa folha de pagamentos, que recebemos acima do limite prudencial, situação agravada pela queda de arrecadação este ano, é que poderemos convocar os demais, que ficarão no cadastro de reserva”, explicou o prefeito, acrescentando que as carências são grandes e em vários setores.

Foto: Gilmar Marques/Arquivo

Provas objetivas serão aplicadas na data provável de 8 de dezembro



Adicione essa página em sua rede social
 
 

Últimas Notícias

© 2009/2014 - Prefeitura Municipal de Cantagalo
Webmail | Política de Privacidade